Tudo sobre Ballet :: Os Ballets de Repertório
 
 
Paquita

Paquita

Ballet em 2 atos e 3 cenas

Libreto: Paul Foucher e Joseph Maziilier
Música: Edouard-Marie Ernest Deldevez
Coreografia: Joseph Mazilier
Estréia: 1 de Abril de 1846, Paris - França
Outras versões: Um ano mais tarde Marius Petipa remontou a obra na Rússia com música de Ludwig Minkus para a grande cena final do ballet.

Ato I - Cena I

A história transcorre em Saragoza, na Espanha durante a ocupação por Napoleão. Estão sendo realizados preparativos para uma festa que o governador espanhol Dom Lopez de Mendonza dará em sua casa oferecendo-a ao general francês Conde de Hervilly, já que seu filho Lucien está comprometido com Serafina, filha de Dom Lopes. Estão todos sentados esperando a dança dos ciganos. Os dois jovens não gostam muito da idéia. É um compromisso feito por razões políticas e que não empolga a nenhum dos dois envolvidos e que enfurece Mendonza, que não deseja ver sua filha casada com um francês.

Entra Paquita, a cigana, e Inigo, o chefe dos ciganos e começam a dançar. Paquita e Lucien trocam olhares. Ao acabar a dança, Inigo pede a Paquita para passar o chapéu entre os convidados. Ela não gosta e Inigo ameaça bater-lhe, quando Lucien surge na sua frente. Inigo percebe o interesse de Lucien em Paquita.

O governador chama Inigo que é apaixonado por Paquita e juntos tramam a morte de Lucien, combinando de usar Paquita para atraí-lo. Paquita e Lucien encontram-se a sós e ele pede a ela que fuja com ele. Ela, assustada, não aceita, por ser de um nível social inferior ao do rapaz. Todos vão embora, e Lucien diz que irá depois, porque os ciganos darão uma festa em sua homenagem.

Ato I - Cena II

Paquita escuta Inigo e o governador falar que eles colocarão veneno na bebida do jovem, e quando eles se retiram Paquita, nervosa, faz barulho. Inigo a surpreende, mas ela o convence que acabara de entrar.

Entra Lucien, pedindo abrigo a Inigo, e este concorda. Paquita avisa-o por sinais de que o jovem corre perigo. Inigo pede que Paquita prepare a refeição. Lucien se dá conta do perigo e de que está sem sua espada. Durante o jantar, Paquita vai avisando o que ele pode beber ou não. Ao chegar à bebida envenenada, Paquita derruba uns pratos e, na confusão, ela troca os copos. Logo depois, Inigo adormece. Os dois fogem, pois os guardas do governador iriam chegar para matar Lucien.

Ato II

Os dois vão até a casa do Conde de Hervilly (general francês) que é pai de Lucien, e aonde está acontecendo os preparativos para o casamento entre Lucien e Serafina e contam que o governador Dom Lopez tramou tudo com Inigo, o cigano. Paquita reconhece um retrato na parede do Conde que é igual ao que ela leva em um camafeu e diz que é seu pai. O conde lhe diz que aquele retrato é de seu irmão que morrera no Vale dos Lobos numa cilada cigana. Paquita entende tudo. Fora a única sobrevivente do massacre e seqüestrada passou a ser criada por Inigo. Além de nobre ela é prima de Lucien, podendo se casar com ele. O Conde abraça a sobrinha, e a Condessa leva-a para se vestir dignamente. Como general manda prender toda a comitiva do governador.

É nesse ato que podemos ver o famoso Grand Pas Classique.

 
Voltar
 
 
 
 
 
 
 
Informações para os Pais
Copyright (c) 2010 Shirley Rodrigues Bizutti Merlotto. Todos os direitos reservados.